sábado, 19 de maio de 2012

Piemonte e Toscana

Elvio Cogno Barbaresco Bordini 2008 DOCG

Alcool:14,5%
Região: Piemonte
Uva: Nebbiolo
Notas do enólogo:
Rubi na cor vermelha com reflexos granada. Este vinho tem uma grande finesse no nariz, harmonioso e complexo. Sensações de frutas vermelhas maduras, típicos da Nebbiolo, com tons picantes. Taninos envolventes, elegância e grande persistência na boca.
Aclamação da crítica:
"Um vermelho, flexível e elegante, combinando delicadeza e intensidade. Cereja, framboesa, aromas florais e minerais e sabores se encaixam perfeitamente com a estrutura vibrante. Muito harmonioso e muito melhor a partir de 2014 até 2028. "
94 Pontos
Wine Spectator
"Em 2008, o Barbaresco Bordini é muito mais focado que 2007. Cerejas vermelhas, ameixas, alcaçuz, menta e os minerais são algumas das notas que tomam forma na garrafa. O 2008 impressiona pela sua energia pura. É um Barbaresco muito clássico que poderia obter e mais alguns anos na garrafa, menta, alcatrão e alcaçuz . 2015-2023 ". 93 pontos - Fonte: wine.com
Nossas impressões (confraria) - Tem halo, é rubi evoluído atijolado com bastante brilho, intensidade e densidades baixas. No nariz é fresco, com muito floral, ervas e couro antigo. Muito parecido com borgonha. Deve ser aberto antecipadamente. Na boca é super seco e ácido. Com muito tanino, porém, macios. Persistência longa e intensidade média para alta. Alcool alto, mas não se destaca. Tem amargor, como um vermute. (Mestre André Monteiro)
Culinária: Presuntos crus italianos, faisão, pecorino.
Preço: Acima de R$ 160,00

2007 Elvio COGNO Barolo Cascina Nuova DOCG

Alcool: 14,5%
Região: Piemonte
Uva: Nebbiolo

95pts (WS)  "notas de cereja e framboesa, sombreadas com eucalipto e acentos de tabaco. Animado e vibrante, com densos e bem integrados taninos de apoio sem ser intrusivo. Impecavelmente equilibrado, tudo vem junto no acabamento elegante. Melhor a partir de 2014 até 2030. " Bruce Sanderson
4 Estrelas Revista Decanter  "frutos a partir de vinhas jovens. Mineral e framboesa, com grande frescura" é o Barolo DOCG Cascina Nuova 2007, segundo o crítico de vinhos,  Tom Maresca .
93pts (JS ) Muito aromas intensos de frutas secas com trufas brancas.Encorpado, com forte presença de taninos, que são polidos e aveludados.Prolonga-se por minutos. Ame a intensidade e classe. Dê-lhe três ou quatro anos mais de idade garrafa. James Suckling.com
Fonte: wine.com
Nossas impressões (confraria) - Tem transparência, rubi evoluido meio atijolado, com densidade média e intensidade alta. No nariz é quente, tem alcatrão, flor seca. Na boca é seco; com acidez e alcool altos, mas não se destacam e taninos muito altos, mas polidos. Corpo alto.(Mestre André Monteiro)
Culinária: Brasato ao Barolo, Ossobuco, Rabada
Preço: Acima de R$ 180,00

Il Pino di Biserno 2005 - IGT

Alcool: 14,5%
Região: Toscana
Uvas: Cab, Franc 35%, Cab. Sauv. 30%, Merlot 20%, P. Verdot 15%
Tenuta de Biserno, de Marchese Lodovico Antinori,  uma propriedade de 90 hectares no oeste da Toscana, na costa entre as colinas de Bibbona na Maremma Superior. Antinori iniciou o projeto, após vender sua famosa Bolgheri propriedade Tenuta dell'Ornellaia. Bibbona fronteira DOC Bolgheri mas o terroir é diferente: apesar de ambas as áreas serem mais adequadas para varietais de Bordeaux.  Sangiovese, Cabernet Franc são excepcionais em Biserno bem como Merlot, Cabernet Sauvignon e Petit Verdot.
Análise: de cor profunda e nariz, rico. Fumaça, aromas de lápis. Paladar mineral, salgados e batata frita, com cacau e fruta preta. Adorável. Bom corpo, complexidade maravilhosa para tais videiras jovens. Agora-2015. Fonte: decanter.com
Nossas impressões (confraria) - Preto, sem halo. Intensidade alta, densidade altíssima. É quente, animal, com frutas passadas, pimenta-do-reino e muita madeira. Sem amargor, com alcool destacado, corpo alto; tem acidez, mas é equilibrado; taninos aparecem muito, mas é redondo. Tem açúcar residual. (Mestre André Monteiro)
Preço: Acima de R$ 250,00


La Gerla Brunello Di Montalcino Vigna Gli Angeli DOCG 2004

Alcool: 14%
Região: Toscana
Uva: Sangiovese Grosso
92 pontos de Robert Parker Wine
 Em 2004, Brunello di Montalcino Riserva Gli Angeli emerge do vidro com sensuais frutas vermelhas, especiarias doces e flores. Riqueza do vinho e densidade são impressionantes, enquanto que o carvalho francês acrescenta uma dimensão extra de volume e picante que segue para a rodada, acariciando o acabamento. O Riserva sofre fermentação malolática em carvalho e é envelhecido em uma combinação de 50 e 100 hectolitro-barris. É um esforço fantástico de La Gerla. Vencimento antecipado: 2012-2026. 
92 pontos da Wine Spectator
Mostra muita fruta madura doce, beirando a compota, com ameixa, framboesa e cereja em cima do nariz. Encorpado, com taninos suaves, redondos e fruta deliciosa. 
91 pontos Wine Enthusiast
Vigna gli Angeli é um Brunello rico e muscular que está impregnado de amoras, especiarias, pimenta, couro, alcaçuz e ameixas. Grande concentração de fruta preta. Apesar da intensidade e solidez do nariz, este vinho é delicadamente fresco e persistente na boca, graças a seus taninos firmes.
Fonte: wine.com
Nossas impressões (confraria) - Rubi caminhando para o atijolado com densidade e intensidade média alta. No nariz é quente, tem fruta passada e preta. tostado, açúcar mascavo, couro, pimenta, leve mentol, vai para o figo e tâmaras. Na boca: Acidez e taninos altos, muito seco, com amargor final, de intensidade alta e persistência longa, corpo altíssimo.  
(Mestre André Monteiro)
Culinária: Fungui porcini, trufas, todos os cortes de cordeiro, ragu, polenta e queijos como: estepe, emmental, gouda, chevrotin. 
Preço: Acima de R$ 400,00





Um comentário: