quarta-feira, 4 de julho de 2012

Salada de Pinhão


Aproveite! É época de pinhão, e mais: faça seu estoque!
Essa é uma receita que vi no Basilico. Só para lembrar, o diretor do Basilico é o crítico gastronômico, que escreve no jornal Folha de S. Paulo, Josimar Melo. Ele foi meu professor na Universidade Anhembi Morumbi. 
Fonte: chef Renato Caleffi - Le Manjue Bistrô em São Paulo
Fiz pequenas mudanças para servir como entrada no jantar de sábado aqui em casa. É muito fácil e o tempo de preparo é rapidinho! Aqui, servi 6 pessoas.

Ingredientes: 
500 g de pinhão com casca
Água para cozimento, o quanto baste
12 tomatinhos sweet grape
1 colher (chá) de ervas secas mistas (ervas de Provence)
1 colher (sobremesa) de salsinha picada
3 dentes de alho picadinho
2 colheres (sopa) de azeite
Folhas de alface rasgadinhas (higienizadas)
Preparo:
Cozinhe o pinhão em água, na panela de pressão, sem sal, por 20 a 30 minutos, após levantar pressão. Quanto mais seca e velha a casca, mais tempo levará para cozinhar. Depois de cozido, retire a casca.
Em uma frigideira, coloque uma colher de azeite e frite o alho até ficar crocante. Retire o alho com uma escumadeira e reserve.
Na mesma frigideira, coloque os pinhões cortados ao meio, e frite-os até ficarem crocantes por fora. Adicione o restante do azeite e, em seguida, as ervas, os tomatinhos e o alho já frito.
Corrija o tempero com sal.
Na receita original, é servida com geleia de tomate misturada com molho de pimenta. Eu servi com geleia de malbec levemente apimentada e guarneci com folhinhas de alface rasgadas.
Fica divina!
Dica: Como o pinhão é de época, você pode cozinhar uma quantidade maior e congelar em pacotes individuais com 100 gramas cada ou congelar o pinhão fresco.

Um comentário: